"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Nietzsche

Formspring

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Guardadora de Utopias

NAVEGAR É PRECISO

Hoje foi dia de seminário, como sempre os tímidos sofrem. Numa turma uma aluna chegou a chorar, de nervoso.

Para acalmá-la contei ao grupo sobre uma apresentação que participei, na faculdade, bastante desafiadora para uma colega nossa.

Ela também ficou nervosa, chegou a chorar, mas com o apoio do professor Gregorio, do grupo e da turma, conseguiu se apresentar.

Como o seminário era sobre Expansão Marítima, e cabia a mim fechar a apresentação, aleguei que aquele choro da nossa colega nada mais foi do que uma reverência ao grande poeta português, que sobre este período da história havia escrito,

"Ó mar salgado
Quanto do teu sal são lágrimas de Portugal!"

Rimos todos!

Ficamos felizes por tê-la visto navegar de maneira bravia, felizes por não a abandonarmos naquele barco, felizes por respeitarmos o jeito de ser de cada um.

Respeito que aconteceu novamente hoje, respeito que defenderei sempre.

Um comentário:

JOICE LOPES disse...

Das coisas mais lindas que já li...