"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Nietzsche

Formspring

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Desabafos de Uma Educadora em Crise

"SANTA" IGNORÂNCIA

Algumas pessoas, dentro da mais profunda superficialidade, ou ignorância, querem tirar o foco das discussões sobre preconceito e violência, com coisas do tipo: 
  1. "E se eu for discriminado, por ser branco, posso processar por racismo?" 
  2. "A Lei Maria da Penha, não deveria punir a mulher que bate em homem, também?" 
  3. "Se eu não posso falar contra os homossexuais, xingar, e bater, não estaria sofrendo heterofobia?" 
Ao invés de fazerem perguntas tão simplórias, por que não fazem outras, pautadas na mais cruel realidade, como estas? 

  • Quantos pessoas foram espancados, no Brasil, por serem heterossexuais? 
  • Quantos pessoas, foram mortas, ano passado, por serem heterossexuais? 
  • Quantas pessoas foram barradas, em determinados recintos, por serem brancas? 
  • Quantas pessoas perderam vaga de emprego, por serem brancas? 
  • Quantas pessoas foram maltratadas, na rua, na escola, nas senzalas, nas fazendas, por serem brancas? 
  • De quantos em quantos segundos um homem apanha, de uma mulher, por ser homem? 
  • Quantos homens foram assassinados, por mulheres, por serem homens? 

Alguém ainda não sabe a resposta? Preencha a lacuna com ZERO, e se sinta convidado a analisar atentamente os dados, a seguir, 

  • Foram 338 brasileiros que morreram em 2012, por serem homossexuais (fora o que não entrou para a lista oficial). 
  • Aproximadamente uma em cada três mulheres pesquisadas em São Paulo e Pernambuco, diz já ter sofrido algum tipo de violência cometida pelo parceiro. 
  • A cada 15 segundos uma mulher é espancada por um homem no Brasil. 
  • Negros e pardos recebem metade de salários de brancos, diz IBGE 

Portanto, urge rever os pré-conceitos, porque a realidade nua e crua é assassina, e não se mata apenas com armas de fogo, mas também com palavras, gestos, conivência! Ninguém mais acredita que Deus determinou que negros, homossexuais e mulheres, sejam um erro, estejam em desacordo com o ideal de moral, com a existência, como durante muito tempo os que se beneficiaram com isso (brancos, homens, heterossexuais), fizeram parecer! 

Sendo assim, preconceito contra homens, brancos, heterossexuais, é balela, conversa pra boi dormir, barulho para que não se ouçam os gritos das vítimas da violência, e da necessidade de um novo tempo, em que a diversidade seja assumida como uma das mais belas características da vida, da humanidade, mas que a "santa" e monocromática ignorância, de alguns, não quer enxergar. 

..........................................................................................................................................

"Eu não espero pelo dia em que todos os homens concordem
Apenas sei de diversas harmonias bonitas possíveis sem juízo final."
.

Nenhum comentário: