"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Nietzsche

Formspring

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Da Série: Guardadora de Utopias


A POSSIBILIDADE DE ARRISCAR...

A idéia de levar meus alunos de Ribeira do Amparo para Salvador, foi denominada de Projeto Descobrimentos, pelo que trazia de novo e de possibilidades para o universo de pessoas que vivem circunscritas ao colégio, e ao município em que vivem.

Grande parte dos alunos não conhecia Salvador,  outros aqui estiveram em consultas médicas, nos carros da Prefeitura, alguns sequer conheciam ou tinham ido ao mar, nem mesmo participado de uma aula em contato direto com os objetos a serem estudados... 

Decerto que foi um desafio, em todos os níveis. O primeiro e mais angustiante de todos, foi assumir a responsabilidade para com dezenas de pessoas, em deslocamento para Salvador. Dias e noites de expectativa, ansiedade, cansaço...


Outro desafio foi conseguir os recursos para que pudéssemos viajar. A situação sócio-econômica dos meus alunos de Ribeira não nos permite arcar com uma despesa destas, tão facilmente assim. A alternativa foi fazer um rifa. Compramos um liquidificador e cada um ficou responsável por vender os bilhetes equivalentes à sua despesa.

Da energia dispensada para fazer acontecer o projeto, valeu a satisfação para com o encontro destes dois mundos, os descobrimentos, a realização a partir de um esforço coletivo. Por diversas vezes ouvi, durante o roteiro de visitações: "não acredito que estamos aqui". Sem contar os olhares encantados com cada "novidade", os gritos ao subirem o Elevador Lacerda, o titubear frente a escada rolante...

(no Museu Náutico da Bahia)

(com Zumbi)

"A felicidade é um par de botas."

A realidade só continuará estanque e aquém do desejado, enquanto nos mantivermos de braços cruzados diante dela. Abrir portas e janelas, instigar asas, ampliar horizontes, permitir trocas... 

... e as trocas só são possíveis com abertura para, com mãos estendidas, com apoio para se materializar sonhos.

Desta forma, agradeço o apoio indispensável de Adaísa, a aluna responsável pelo acompanhamento da captação dos recursos, dias corridos para dar conta de tudo. Aos alunos que se esforçaram para participar. Agradecemos a professora Adriana e ao Professor Renan por terem acompanhado a turma durante a viagem. A Germano pelo incentivo. A minha aluna do Colégio Marista Flavinha e a sua família, pelo lanche ofertado, pelo amor, pela atenção!... 

Em especial quero agradecer ao Colégio Marista Patamares pela acolhida, pela compreensão (fui dispensada mais cedo para fazer o trajeto com os estudantes), pelo alimento, por todo carinho para com os alunos de Ribeira do Amparo: Edith, Professora Verena, a nossa Diretora Goretti, a Pastoral, Pipoca (pena que o jogo não aconteceu), aos meus alunos do Marista, aos funcionários Fernando, Vera, Jo, Dai (meu xará), a Silvana, a Jordânia... enfim, a todos que fazem parte desta linda casa! 

(com os alunos do Colégio Marista)

(almoço oferecido pelo Colégio Marista)


Sem vocês não teríamos conseguido!

Finalizo, evocando o poeta Damário, quando diz

A possibilidade de arriscar
É que nos faz homens
Vôo perfeito 
no espaço que criamos
Ninguém decide
sobre os passos que evitamos
Certeza
de que não somos pássaros
e que voamos
Tristeza
de que não vamos
por medo dos caminhos

Voamos!


Nem mesmo o ônibus ter quebrado na volta, nos fazendo esperar até meia noite para chegar outro ônibus, atrapalhou o encanto, pelo contrário, nos fez mais próximos. 


(retorno para casa)


Abraços carinhosos,

Professora Daiane Oliveira
Guardadora de Utopias

P.S. - Perceberam o motivo da demora para postar aqui, ultimamente? ;)

3 comentários:

Renan disse...

Muito mais mais do que esperar, temos que reagir, Lutar e Conseguir, Professora Dai PARABÉNS! Pela sua grande busca pelo descobrimento, sei que do jeito que fomos não mais voltamos, Valeu a pena!!!!!

Maria Muadiê disse...

maravilhoso, lindo, massa, emocionante, beleza pura, delicioso, muito bom.

Anônimo disse...

percebi!