"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Nietzsche

Formspring

domingo, 1 de agosto de 2010

Vídeo-convite das minhas idas para Ribeira do Amparo...

2 comentários:

Maria Muadiê disse...

lindo, delicadeza.

Quézia disse...

Aceito.
Senti falta, apenas, da data e horário, no convite.

***

Numa dessas viagens (mas esta pela internet), achei este poema, que sua postagem me fez lembrar:

Estamos em uma viagem no tempo e espaço
Passageiros de um trajeto indecifrável
Viajando em infinita busca da universa eternidade
Neste miraculoso caminho de distancia incomensurável

Percorrendo o vácuo no espaço, em projeção
Em emaranhado de emoções, sensações e sentimentos...
Presos unicamente a um mínimo espaço de tempo
O ínfimo instante presente, onde tudo é fugaz imediato

A grande importância, é nossa cotidiana existência
Esse intervalo, no entreato entre nascer e morrer...
Em uma viagem no tempo irreal do que se foi ou virá
Nesse exato tempo real, no instante que se apresenta no agora!

Lufague