"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Nietzsche

Formspring

terça-feira, 10 de novembro de 2009

CrOC CrOC, TSC TSC!
Ando indignada com o que está acontecendo com a Educação na capital baiana, e progressivamente se estendendo para o interior, onde as instituições de ensino particulares estão sendo ENGOLIDAS pela força de uma ÚNICA marca, devoradora: CrOC CrOC!
Ninguém parece ver isso. A sociedade cegamente se dirige aos sinais fascinantes da mídia, e esta se orienta pelo que entra e não pelo que acredita, se é que acredita em algo. Pateticamente calcado ainda num vestibular eminentemente mnemônico, as instituições que assumem este novo viés pragmático-capitalista-plin-a-bolsa-subiu, acabam com o quê de humanidade que ainda resta à nobre missão de Educar.
Mas afinal, qual o ideal de humanidade que ainda acalentamos hoje? Não há. Precisamos de produtos, e a Educação se transforma num mero produto ofertado de maneira impessoal, técnica, de conteúdo estanque, visando lucrar acima de qualquer coisa, sujeita ao sobe-e-desce da bolsa, cada vez que um aluno entra ou sai dos seus quadros.
Não, não, caso perguntem se eu trabalharia lá, a resposta é não. Me recuso peremptoriamente a pertencer às escolas padronizadas, formato High tech, cuja propaganda se resume a punhados de data shows e lousas eletrônicas em cada sala, que mais lembram os filmes do ROBOCOP. Humanos-máquinas.
Neste caso, ROBOCrOC.
Estou deveras farta. Este modelinho de Educação massificada além de tudo usa métodos desprezíveis, assediam alunos, espalham boatos para desestabilizar colégios, oferecem bolsas aos “melhores” visando futuros “outdooráveis”, acabam a rica diversidade de concepções e histórias, para imprimir um marca igual para tudo e todos.
Mas, em tempos que o Capital ainda se mantém avassalador e indiferente aos sinais emitidos pela natureza, pela violência, pela fome, pelas guerras!...  Sigamos seduzidos pelas “novidades” vazias, pelas aparências pífias.
Sejamos, enfim, marionetes sendo adestradas para a difícil tarefa de sermos mais UM!

Nenhum comentário: